GRUPOFNI - ATENDIMENTO ON LINE
ATENDIMENTO ON-LINE
Grupo FUTURA - COMPARTILHE  NO FACEBOOK
  
Grupo FUTURA - COMPARTILHE NO LINKEDIN

NOTÍCIAS/

NÓTICIAS / Acontecimentos

21
01
2013
O resultado pífio na prova técnica para Ajudante de Despachante Aduaneiro
 
image description
 
O resultado dessa prova organizada pela ESAF foi o seguinte:

Inscritos: 316;
Compareceram à prova: 284;
Aprovados: 3 (três).

Os três gênios foram: Claudio César Soares – RIBEIRÃO PRETO – SP, Marcelo Bamberg de Noronha – EMBU – SP e Rafael Delfino Quintana – OSASCO – SP

Portanto, somente o Estado de São Paulo teve aprovados. Resta uma pergunta: por quê?

Num segundo lance vemos um resultado que chega às raias do ridículo, mormente se levarmos em conta as palavras do Presidente do SINDASP – Sindicato dos Despachantes Aduaneiros de São Paulo, analisando a prova, ao afirmar:

“No Brasil são mais de 35 mil ajudantes de despachantes aduaneirosatuando na área do comércio exterior atualmente. Desse montante, apenas 284 prestaram o exame. “A situação é crítica, e mostra a real necessidade de qualificação profissional”,

Ainda que a estatística utilizada pelo ilustre presidente do SINDASP seja falha, reduzindo-se à metade temos 17.500 ajudantes de despachantes para 316 inscritos e apenas três aprovados. Por quê?

Não há como negar certo despreparo dos despachantes aduaneiros e este se deve exclusivamente à Receia Federal, que inspirou decreto permitindo que qualquer pessoa, mesmo com total desqualificação, desconhecimento absoluto do que seja comércio exterior, ou mesmo do que seja Alfândega, se inscrevesse no quadro de Ajudante de Despachante. Após dois anos de inscrição essa pessoa passaria automaticamente a Despachante Aduaneiro, bastando para tanto requerer esse direito.

Os resultados começam a aparecer. A prova em questão demonstra claramente os efeitos desse erro dos administradores aduaneiros. Desta culpa a ESAF está isenta.

Não está isenta, porém, da forma como elaborou as questões. Tendo concluído a prova para fiscal da Receita Federal parece que ficou impregnada pelas questões que deveriam ser exigidas dos candidatos, todos com diploma universitário, e elaborou a prova para Ajudante de Despachante praticamente no mesmo nível, quando a estes só é exigido prova de curso secundário.

Porém, nesta primeira análise não conseguimos atinar por tamanha discrepância: milhares de ajudantes de despachantes aduaneiros, 284 fazem a prova e somente 3 são aprovados. Por quê?

Precisamos amadurecer o tema para conseguirmos uma resposta plausível. Fica, entretanto, aqui nosso entendimento de que não só o despreparo dos atuais despachantes aduaneiros redundou em resultado tão pífio. E pífio não só quanto ao reduzido número de aprovados, mas principalmente quanto ao reduzido número dos inscritos. Por quê? Certamente com o debate encontraremos resposta.

E o que dizer do saldo apresentado por outras categorias profissionais e acadêmicas de nossa sociedade?

Em todos os exames do ENEM nos deparamos com resultados igualmente alarmantes, mesmos em Universidades de referência como PUC. Para exemplificar, basta uma breve análise sobre o último exame de ordem dos Advogados do Brasil (Fonte OAB/SP):

Nº de Inscritos 1ª. fase: 118.217
Aprovados 16,18%: 19.127
Aprovados na 2ª. fase (previsão histórica 3%): 573

Portanto, ao final de todo o processo de exame da Ordem dos Advogados mais de 90% dos inscritos, todos teoricamente formados e graduados por Universidades, terão falhado num exame criado para testar seus conhecimentos profissionais.

Não há como negar que o “buraco” da educação e preparo profissional no Brasil é muito mais fundo, e que o resultado pífio obtido pelos postulantes ao cargo de Despachante Aduaneiro somente reflete esta realidade.

Finalizando, temos só dúvidas:
a) – Quantos são os atuais ajudantes de despachante?
b) – Por quê não se interessaram em fazer a prova?
c) – Por quê dos 284 que a fizeram só 3 foram aprovados?
d) – Por quê só o Estado de São Paulo teve aprovados?

Você pode responder?

Fonte: Comexblog
FONTE:
Grupo FUTURA - COMPARTILHE  NO FACEBOOKx    Grupo FUTURA - COMPARTILHE NO LINKEDIN
O resultado pífio na prova técnica para.
Grupo FUTURA - COMPARTILHE NO WHATSAPP

TOKIO

BERLIN

BRASILIA

LONDRES

NOVA YORK

ESCRITÓRIOS - SC

JOINVILLE

47 9 9972-0387

47 3422-4147

Segunda - Sexta: 08:00 às 18:00

SÃO FRANCISCO DO SUL

47 9 9963.0899 / 9963.0892

47 3444.0440 - 3444.0144

     Segunda - Sexta:

09:00 às 12:00 / 14:00 às 18:00

© GrupoFNI.com.br - since 2002 - all reserved